Jogos emocionantes definem seis dos 12 finalistas do handebol, na Vila Olímpica do Mato Alto
Clique para ampliar

Nem mesmo a chuva que caiu durante praticamente todo o dia espantou o público do ginásio da Vila Olímpica do Mato Alto neste sábado (12/11), nas semifinais do handebol do Intercolegial 35 anos. E o Santa Mônica Centro Educacional (SMCE), inscrito pela unidade de Cascadura, foi o maior vencedor da rodada, ao se classificar nas três categorias que disputou e garantir vaga em três finais.

O dia do SMCE começou com triunfo dos meninos sobre o São Lucas, de Santa Cruz, com certa folga (25 x 13), em duelo pela categoria sub-18. Pela sub-18 feminina, venceu por 20 a 11 o Ciep Jean Baptiste Debret, de São João de Meriti. O terceiro jogo, contra o Mércurio, da Pavuna, foi o mais complicado. A escola de Cascadura chegou a ficar atrás do placar, mas conseguiu a virada e bateu o adversário por 16 a 12 no confronto entre colégios da Zona Norte, pela sub-14 feminina.

O outro finalista da categoria sub-18 feminina é o Colégio Estadual Antônio da Silva, de Nova Iguaçu, que fez impressionantes 18 a 2 no Percepção, de Irajá. As meninas da equipe da Baixada dominaram o jogo desde o começo e não deram chances para as adversárias.

A técnica do Antônio da Silva, Norma Barbosa, comemorou bastante a classificação e não escondeu a surpresa com o placar elástico.

- A gente não esperava um jogo tranquilo assim para uma semifinal, até porque o Percepção é uma equipe de tradição também, mas esporte é assim, às vezes acontecem essas coisas agradáveis - pondera a professora, que projetou uma final mais difícil:

- Vai ser um pouco mais complicado na decisão porque a nossa equipe é de 15 e 16 anos e jogava a sub-16 que infelizmente foi extinta nesse ano, pois nós estaríamos brigando pelo tetra. Vamos partir pra cima, é final. O Santa Mônica Centro Educacional conhece a gente e nós conhecemos eles.

Os dois jogos mais emocionantes e disputados do dia envolveram o Ciep Debret. No primeiro deles, pela categoria sub-18 masculina, a escola pública de São João de Meriti venceu o Triângulo, de Bento Ribeiro, por 29 a 26. O forte e bom time do Debret ficou na frente do placar praticamente todo o jogo, mas o time da Zona Norte também mostrou qualidade e fez um jogo duro. Agora, o Debret vai pegar o SMCE na final.

Pela sub-14 masculina, o GEO Félix Miéli Venerando, do Caju, levou a melhor sobre o Debret, num jogo emocionante, decidido no último minuto, com vitória por 26 a 24. O jogo foi disputado gol a gol, com placar quase sempre empatado, mas nos últimos momentos a escola do Caju acertou a mão e finalizou melhor para garantir a vitória.





Voltar