Com apenas 15 anos, Maicon lidera título do Elite no vôlei sub-18 federado do alto de seus 2m12 de estatura
Clique para ampliar

Literalmente gigante! Com apenas 15 anos de idade, Maicon dos Santos França impressiona com os seus 2m12 de altura. O camisa 14 foi fundamental para o Sistema Elite de Ensino conquistar a medalha de ouro na categoria sub-18 federada do vôlei: triunfo por 2 sets 0 (25;11/25;9) sobre o Santa Mônica Centro Educacional. As finais da modalidade rolaram durante o segundo Festival do 37º Intercolegial Sesc O GLOBO, realizado no Parque Olímpico de Deodoro

De fato, foi difícil parar o garoto em quadra. Melhor escola do vôlei no Inter 2019, com três títulos e um vice-campeonato nas seis categorias, o Elite mostrou que pode contribuir e muito para esporte, revelando talentos como Maicon. O garoto, por sua vez, se mostrou muito satisfeito com a campanha e o primeiro lugar no pódio.

— Nosso time estava bem focado, com um grande entrosamento. Estamos treinando muito para o Brasileiro. Eu já disputei duas vezes, fiquei em terceiro ano passado com o Elite. E nossa equipe foi muito bem nessa partida. Só temos que comemorar o bom desempenho do ano inteiro — garante.

Ainda com um longo caminho a percorrer, o aluno do nono ano do ensino fundamental não titubeou ao ser questionado sobre o futuro e decretou seu objetivo, mostrando a mesma precisão de suas cortadas: tornar-se jogador profissional. Ele conta que o ex-jogador Giba é sua grande inspiração.

— Eu pretendo ser jogador profissional de vôlei. Jogo há oito anos já. O Giba foi uma das minhas grandes inspirações na vida. Preciso continuar treinando muito, confiar nos meus técnicos e seguir em frente — afirma.

Além de todos os atributos técnicos, o garotão conta ainda com uma ajuda mais que especial que vem das arquibancadas. Josimeri dos Santos França, sempre presente nos jogos do filho, explica que a estatura de Maicon vem de família.

— É genética da família. Os primos, irmão, pai... Todo mundo é grandão assim mesmo igual ao Maicon — revela Josimeri, com um sorriso de orelha a orelha ao lado do filho talentoso. 

O 37° Intercolegial é apresentado pelo Sesc, realizado pelo jornal O GLOBO e produzido pela Abadai Eventos.





Voltar